Centro de Formação EduFor

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Início Arquivo de Notícias

Oficina do Raciocínio

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Oficina do RaciocínioA Oficina do Raciocínio frequentada por alunos do 9º ano de escolaridade da Escola Básica Integrada da Ínsua, encontra-se em funcionamento desde o início do ano lectivo, durante as tardes de quarta-feira, das 15h10 às 16h40. Mediante o interesse e empenho demonstrado pelos alunos inscritos na Oficina relativamente ao trabalho desenvolvido, mais concretamente, na realização das actividades de carácter experimental, importa inteirar a comunidade escolar do que têm aprendido e em que moldes.

Salienta-se que desde sempre houve a preocupação de estabelecer uma sólida ponte entre o ensino básico e o ensino secundário. Assim, com o intuito de alargar os horizontes aos discentes do 9º ano, preparando-os da melhor forma para este importante passo na sua vida escolar, conduzindo-os ao conhecimento e à rentabilização das potencialidades e funcionalidades da calculadora gráfica TI 84, bem como, ao recurso da experimentação para relacionar saberes de diferentes áreas, efectuar conjecturas, modelações, desenvolver o espírito crítico, resolver situações problemáticas reais.

No decorrer do segundo período, numa fase primordial, a partir do site education.ti.com, transferiu-se para as calculadoras gráficas TI 84 – Plus, a aplicação Easy Data.

Posteriormente, com o CBR 2TM (detector de movimento), o Interface Easy-Link e uma calculadora gráfica TI 84, os alunos recolheram e analisaram dados de movimento sem necessitarem de medidas e traços manuais.

O CBR 2TM permitiu, aos discentes, a exploração de relações matemáticas entre o espaço percorrido, velocidade e tempo, recorrendo aos dados recolhidos das actividades desenvolvidas. De um modo geral, os alunos exploraram conceitos matemáticos como:

  • gráficos: eixos das coordenadas, declive e intersecções;
  • estatística e análise de dados: métodos de recolha de dados e análise estatística;
  • física: movimento, posição e velocidade.

Neste âmbito, foi dinamizada uma actividade denominada “Bola rolante”, para a qual foi necessário o recurso a uma rampa. Salienta-se que a rampa utilizada, foi construída pelo professor Tomás Fonseca, que de imediato se prontificou a dar o seu contributo para a realização da experiência em causa. Desde já, fica aqui o nosso agradecimento ao docente citado.

Numa fase posterior, desenvolveu-se a actividade “Sob pressão” com o intuito de investigar a relação entre a pressão e o volume de ar contido numa seringa fechada. Para viabilizar esta experiência recorreu-se ao Interface Easy-Link, a um sensor de pressão, à calculadora TI 84 – Plus e a uma seringa com peça adaptada para ligar ao sensor. Salienta-se que, neste contexto, os alunos tiveram contacto com uma situação de proporcionalidade inversa, conteúdo programático do 9º ano de escolaridade.

A actividade seguinte prendeu-se com a determinação da constante de elasticidade de uma mola, tendo como suporte experimental um sensor de força de duplo alcance, um tripé, régua graduada, molas, o Easy-Link, uma calculadora gráfica TI 84 – Plus e massas marcadas, disponibilizadas pelos professores de Ciências Físico-Químicas. Relativamente a esta experiência, realça-se a aplicação de conhecimentos de proporcionalidade directa e a percepção da Lei de Hooke – dentro de certos limites, “as deformações da mola são directamente proporcionais às intensidades das forças aplicadas”.

Os professores responsáveis pela Oficina do Raciocínio felicitam os alunos envolvidos nesta oficina, por todo o seu trabalho desenvolvido que espelha o gosto pela aventura do conhecimento.

Os professores: Fernanda Loureiro e João Figueiredo